Grupo Vidas se adapta para estar em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados

A advogada Karina Gonzalez Simonetti, Mestre em Direito, destaca as vantagens que a LGPD traz para empresas e clientes.

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) é uma realidade e está em vigor desde setembro de 2020 com o objetivo de regulamentar o uso de dados pessoais pelas empresas e proteger o direito de privacidade dos clientes com segurança e controle de suas informações. As penalidades administrativas previstas pelo decreto serão aplicadas a partir de agosto de 2021, e por isso, é importante que as empresas de todos os portes e segmentos se adequem às exigências que a nova lei impõe.

A implementação das adequações do Grupo Vidas à LGPD tem sido conduzida pelo escritório de advocacia Gonzalez & Simonetti Sociedade de Advogados, e a sócia-fundadora Karina Gonzalez Simonetti explica que o Grupo Vidas está na vanguarda das empresas brasileiras em seu segmento específico, cumprindo de forma orgânica e segura com os princípios e fundamentos da lei, apresentando-se como uma empresa de credibilidade quanto à proteção de dados. “Já estamos na fase de Aculturamento Interno, ou seja, a inserção no ambiente corporativo da cultura de proteção de dados. Destaco ainda que o processo de conscientização é significativo para que o Programa de Adequação seja exitoso, pois, se as partes envolvidas não entenderem a relevância e as premissas da própria lei e seus desdobramentos no plano prático, o programa não alcançará o verdadeiro propósito”.

Segundo a advogada, clientes, parceiros, fornecedores e colaboradores serão beneficiados com a LGPD. “Quando a empresa se preocupa e age efetivamente para proteger e bem utilizar os dados pessoais que possui em sua base dados e exige de seus parceiros e fornecedores esse cuidado, forma-se uma teia de proteção de dados, demonstrando que suas operações, desde a coleta dos dados até o descarte são transparentes e atingem a finalidade para a qual os dados foram coletados, gerando segurança jurídica aos seus negócios e uma relação de confiança com clientes e colaboradores. Empresas em Compliance com a LGPD tendem a assegurar aos titulares de dados, informações claras, precisas e de fácil acesso a seus dados.”

A proteção de dados é uma consequência necessária diante das mudanças do universo digital e por conta dos diversos casos de uso indevido. Nesse sentido, a especialista conclui que as novas regras estimulam a inovação, o empreendedorismo e o desenvolvimento econômico. “A LGPD estabelece as regras do jogo para que os controladores possam continuar usando os dados como sua principal matéria-prima, mas priorizando a proteção dos direitos dos titulares, gerando confiança, mais eficiência e transparência no tratamento de dados. As empresas que não se adequarem às novas regras estabelecidas pela legislação, em um futuro breve, tenderão a se enfraquecerem cada vez mais, perderão mercado e estarão, ainda por cima, sujeitas às pesadas penalidades que a lei impõe a quem estiver em desconformidade aos seus preceitos”, pontua Dra. Karina.

Link da matéria: http://vidashomecare.com.br/grupo-vidas-se-adapta-para-estar-em-conformidade-com-a-lei-geral-de-protecao-de-dados.html

Artigos recentes

Best Dating Sites for wedded People in 2021

Two of my friends had gotten hitched whenever they happened to be within early 20s, and understood it was an error once they achieved their particular later part of the 20s. They no longer desired exactly the same situations in life, while the mental tension was an excessive amount of

Leia mais »

Trabalhe conosco: